Coach pode gaguejar no atendimento?

Somos coaches, e por isso a evolução e melhoria é importante para nós – e cada minuto do nosso estudo deveria ser dedicado à nos fazer ganhar mais intimidade com o método, para ter mais confiança na hora de atender em sessões de coaching.

Agora, o que devemos pensar de um coach que gagueje durante uma sessão? Ou talvez um coach que tome alguns segundos a mais pensando na próxima pergunta?

Será insegurança? Será que ele não sabe o que fazer? Afinal, coach pode gaguejar no atendimento?

Neste artigo nós vamos discutir este assunto polêmico, e entender melhor o que é a postura de um profissional de alto desempenho.

A postura perfeita do coach

Em linhas gerais, todo coach prega o desenvolvimento pessoal e a alta performance – mas a forma como o mercado passou a enxergar isso é um problema, afinal nós eximiu totalmente da possibilidade de errar – como se fossemos seres humanos aprimorados.

É claro que nós já conhecemos as regras de interpretação de sinais, tanto dos sinais que captamos do mundo e das pessoas, como dos sinais que nós emitimos para as pessoas.

Mas será que o fato de gaguejar realmente revela uma dúvida ou fragilidade do coach?

A verdade é que as possibilidades de trabalho de um coach em termos de técnicas e ferramentas é tão grande que algumas vezes tomamos alguns segundos para buscar a melhor solução ou pergunta em nosso arquivo mental.

O mesmo pode acontecer com o coach que desliza durante a aplicação de uma ferramenta – pode ser a sua mente processando as informações recebidas para encontrar uma pergunta ou caminho de ajuda para o cliente.

E se precisarmos gaguejar, errar ou perder alguns segundos, qual o problema nisso?

O mercado de coaching vem pregando uma imagem tão forte, como se o coach fosse uma figura mitológica, mística ou perfeita – enquanto estamos falando de um ser humano.

Seres humanos, certo?!

Então é bonito e positivo que o coach possa ter o seu tempo de aperfeiçoamento, exercitando suas ferramentas e técnicas ao ponto de adquirir cada vez mais confiança.

Leia também:  Dicas para coaching em grupo

E isso faz parte de um aprendizado.

Pense no cirurgião, que estudou por 5 anos para fazer a sua primeira operação de emergência – ele sente nervosismo em suas primeiras operações até se familiarizar com o ambiente e a pressão de uma sala de cirurgia.

O coach também tem um tempo de maturação de suas técnicas e formato de trabalho, que o levará cada vez mais longe na escalada para ser um coach fantástico e infalível – e enquanto isso, um deslize de comunicação não o descredenciará de ajudar as pessoas a chegar em seus objetivos.

Acima de qualquer gaguejar, o coach também é um ser humano com falhas e defeitos, e problemas, e erros – e está tudo bem de mostrar esta fragilidade em algumas situações.

Parte desta pressão talvez venha da importância de se mostrar uma grande autoridade, especialmente nos veículos e mídias digitais – que eleva o coach à pressão de não falhar.

Como lidar com o nervosismo

Apesar disso, o importante é não se distrair e manter a atenção e presença no trabalho que está sendo feito por cada cliente – mais do que um deslize como este, o cliente perceberá que você está dedicado ao trabalho.

Se acontecer de você gaguejar, você ainda pode usar uma estratégia simples, como dizer “preciso de água – estou com a boca seca e o dia está muito quente!” – e não há problema nisso.

E tão importante quanto a situação é a postura mantida – se você dá a entender naqueles poucos segundos que você se perdeu, as pessoas percebem, agora quando você não dá importância para um incidente destes, as pessoas também não vão valorizar o ocorrido.

Se você realmente tiver em seguida um “branco” repentino em sua mente, respire fundo, tome um gole de água, e recapitule a conversa com o seu coachee – algo como:

Leia também:  Funil de vendas para coaches

“Espere, vamos recapitular o que citamos até aqui: Você disse que…” – e se recupere, no ritmo em que retomar a história.

Muito mais que despreparo, a provável realidade sobre o coach que gaguejar na sessão é que ele está tão preocupado em gerar resultado e valor para o seu cliente que sua mente sai de sincronia com as palavras em alguns instantes. Ainda assim, o valor da dedicação sempre será maior que um deslize deste tipo.

A importância que será dada para a situação é a importância que você dará.

Continue estudando e treinando suas técnicas e ferramentas, e a prática será a sua grande aliada na jornada par se tornar um coach de sucesso.

Só você sabe o tamanho da jornada que te trouxe até aqui, e se você está comprometido em ajudar as pessoas, gaguejar será quase uma prática. Isso já aconteceu com você? Compartilhe a situação conosco.

Assine, não perca nenhum conteúdo:

Coach pode gaguejar no atendimento?
Avalie este post
SistemizeCoach
Siga-me

SistemizeCoach

Uma única plataforma para gerenciar todo o processo de coaching. Com a SistemizeCoach, você não precisará de Excel, Word e Outlook para gerenciar as suas sessões.

Crie ferramentas visuais, armazene o histórico de suas sessões e tangibilize o processo com relatórios completos para o seu coachee.

CONHEÇA A PLATAFORMA
SistemizeCoach
Siga-me

Últimos posts por SistemizeCoach (exibir todos)