Como perder a insegurança para atender no coaching

O coach recém-formado, assim como todo profissional iniciante, pode contar com a sensação de insegurança nas suas primeiras atuações.

Trazemos para nossos primeiros trabalhos uma carga emocional de insegurança com a nossa capacidade, além da pressão de ter alcançado o momento decisivo: de mostrar que você sabe fazer o seu trabalho. Então o que o coach pode fazer para perder a insegurança para atender em coaching?

Neste artigo nós vamos explorar alguns ensinamentos, técnicas e dicas poderosas para que você consiga entrar com o pé direito na sua carreira de coach e deixar a insegurança para atender em coaching no passado.

Aceite que dói menos

A insegurança de começar uma nova atuação profissional é um instinto natural das pessoas de enfrentar uma situação que, por mais que tenha sido estudada, na prática ainda é um território desconhecido – e todo o desconhecido gera certa insegurança. Faz parte da nossa programação primitiva, de evitar situações novas que possam nos gerar risco de vida.

Falando desta forma a insegurança para atender em coaching parece ainda mais absurda, afinal não corremos risco de morte na nossa profissão – mas a nossa mente não consegue distinguir a intensidade ou diferença entre novas experiências, e acaba generalizando, portanto, toda nova experiência representa um perigo.

É um ótimo momento para nos relembrarmos do valor do medo, afinal é o medo de não ser bom o suficiente que faz com que nos preparemos ainda mais para fazer um trabalho espetacular. Então um primeiro passo poderoso para reduzir essa sensação de ansiedade está no simples ato de aceitar a realidade. Todo profissional começou um dia, e todo dia um é iniciado com experiência zero.

Isso é tão realidade que é bem provável que você já tivesse uma carreira antes de se tornar coach, e está numa transição – e na sua atuação não existia esta insegurança, pois você já contava com alguma experiência, mas o jogo de atender em coaching é um novo cenário, e é isso que torna a experiência tão excitante: é novidade.

Leia também:  Utilizando SEO em seu site/blog de coaching

Todo novo jogo começa no zero a zero, e você precisará trilhar a jornada da profissão para alcançar a maturidade profissional, e então a insegurança para atender em coaching será apenas uma história do passado.

Aceite a vulnerabilidade e a insegurança como professores da sua jornada, e se entregue para fazer o melhor, além de aprender no processo.

Ritual de poder

Nós coaches somos treinados em diversas ferramentas para ajudar os nossos clientes, mas por mais estranho que pareça, às vezes esquecemos de usar nossas ferramentas para nós mesmos. “Casa de ferreiro, espeto de pau” – certo?!?

Então uma técnica poderosa que você pode usar como preparação para seus atendimentos é a ancoragem, elevando seu estado emocional para um nível de tranquilidade e energia com relação ao momento do atendimento.

Escolha uma música, um gesto marcante ou um grito de guerra que eleve o seu estado emocional antes de começar as suas sessões. Este é um exercício poderoso que você pode carregar por toda a sua carreira.

Estudar e praticar

Parte da insegurança para atender em coaching se baseia na falta de experiência, e quando não temos a experiência, precisamos compensar este déficit com outra alternativa, e o estudo funciona muito bem nesta situação.

O coach é um profissional que naturalmente é orientado para o estudo, e parte da insegurança para atender em coaching se dá pela própria forma como as escolas de coaching tratam sua informação, como se não fosse o suficiente, e isso gera uma crença nos coaches que incentiva a compra de novos cursos.

“Este curso é muito completo, mas vocês vão ver como o master coach avançado vai elevar muito o nível de jogo de vocês!”

Você provavelmente ouviu algo parecido na sua formação – é um incentivo para a compra de um novo curso, mas parece que desqualifica a sua formação inicial. Acredite, é puro marketing, e a formação básica é mais que suficiente para começar a atuar como coach – agora vá para ação com responsabilidade.

Leia também:  Por que muitos coaches não conseguem coachees?

É claro que é importante manter o estudo e o foco em se tornar um profissional cada vez mais completo – mas o fato é que não haverá avanço sem prática.

É muito interessante a metáfora de que o estudo precisa respirar: você estuda e funciona como a inspiração, e a prática é como a expiração – se você apenas inspirar, em determinado ponto seus pulmões estarão cheios, simplesmente não cabe mais ar.

No coaching, ou qualquer profissão, é exatamente igual: você precisa balancear o estudo com a prática, do contrário acabará se tornando um ótimo teórico de coaching.

Não é apenas teoria que transformará o seu cliente, mas a sua capacidade de usar os seus estudos na prática, com maestria, e essa insegurança para atender em coaching só será vencida com a prática. Outras técnicas podem te distrair em relação à insegurança, mas a segurança virá com a prática.

Mão na massa – é isso que faz um coach ser extraordinário.

Assine, não perca nenhum conteúdo:

Como perder a insegurança para atender no coaching
5 - 2 votos
SistemizeCoach
Siga-me

SistemizeCoach

Uma única plataforma para gerenciar todo o processo de coaching. Com a SistemizeCoach, você não precisará de Excel, Word e Outlook para gerenciar as suas sessões.

Crie ferramentas visuais, armazene o histórico de suas sessões e tangibilize o processo com relatórios completos para o seu coachee.

CONHEÇA A PLATAFORMA
SistemizeCoach
Siga-me