Por que fazer um processo de coaching – Guia completo

O que é coaching?

Vamos começar com uma definição bem simples: coaching é um processo que produz mudanças positivas e duradouras em um curto espaço de tempo de forma efetiva e acelerada. O processo de coaching apoia a identificação de sonhos e metas utilizando seus recursos internos e externos.

O coaching moderno, surgiu por volta de década de 50. Treinadores começaram a utilizar técnicas específicas para motivar tenistas de forma diferente. O ponto central desta nova técnica era o chamado Inner Game (jogo interior),  que considerava que o verdadeiro oponente do atleta, não era o outro competidor, mas sim suas próprias limitações e fraquezas, ou seja, fazia mais sentido primeiro ter um alinhamento interno consistente do que simplesmente ficar treinando exaustivamente. O objetivo era superar hábitos mentais que poderiam inibir o bom desempenho do atleta. Esta técnica fez tanto sucesso que os tenistas, que eram executivos, começaram a aplicá-la também no mundo corporativo e posteriormente em suas vidas pessoais.

Portanto, o processo de coaching realiza mudanças internas e duradouras. Ele modifica suas bases e suas crenças. Tem por objetivo fazer você ser independente. Como faz ajustes internos, você vai sair auto suficiente do processo, dando continuidade aos seus objetivos mesmo depois do processo terminar.

Como o coaching pode me ajudar?

O objetivo do processo de coaching é fazer você atingir os seus objetivos. Se você ainda não tem certeza de quais são os seus objetivos, o coach deverá aplicar ferramentas para ajudar você a se descobrir e também a descobrir o que você mais deseja. O coach fornece suporte para que você se aprimore, se transforme e evolua. Assim como, auxilia você a seguir na direção certa para seu estado desejado.

O coach aplica técnicas, ferramentas e perguntas poderosas para mobilizar você a entrar em ação para atingir suas metas e acelerar os resultados. O objetivo é maximizar a performance do indivíduo como um todo.

As principais áreas de atuação de coaching são o coaching familiar, de relacionamento, esportivo, financeiro, emagrecimento, nutricional, inteligência emocional, entre outras tantas áreas. Existem coaches especialistas nos mais diversos segmentos.

Já para quem busca coaching profissional as principais áreas são o coaching corporativo, para concursos, financeiro, de carreira, comunicação, alta performance, liderança, entre outros.

O processo de coaching tem por objetivo ajudar o indivíduo no seu autoconhecimento e na motivação para a realização de tarefas que o levarão até o seu estado desejado. Ou seja, é a própria pessoa atendida (coachee) que irá definir o seu planejamento, com a ajuda do coach (profissional que aplica o processo), diferente de um treinamento.

Além disso, é preciso compreender que a metodologia do coaching é focada em ações para o futuro (próximo ou longe) e não trabalha o passado ou o inconsciente, como na psicoterapia.

Para quem é indicado o processo de coaching?

Uma pessoa recorre ao coaching quando percebe que algo não está saindo como ela quer ou quando ela se sente perdida em um determinado momento. Geralmente ela quer melhorar seus resultados na sua vida pessoal ou profissional.

Quem pensa que esse tipo de orientação é indicada apenas para altos níveis de cargos corporativos está muito enganado: desde adolescentes e jovens em formação até gestores e empreendedores podem fazer coaching.

Diferenças em entre coaching x mentoria x terapia

O coach não diz o que você tem que fazer, mas te ajuda a se conhecer melhor e organizar cenários, de forma a auxiliar o processo de tomada de decisão em diversas situações. No coaching você será auxiliado a planejar, estabelecer metas, e prazos em busca de objetivos e resultados desejados. Você sairá do estado atual para o estado desejado, entrará num processo de evolução contínua.

Já o mentoring é um tipo de orientação, onde um profissional mais experiente, orienta os jovens. No mentoring a condução é feita por um especialista em determinada área que dará instruções, dentro de sua experiência, aos mais jovens, visando crescimento na área de foco. Neste processo não é estabelecido prazos, pois a condução é feita conforme a evolução da pessoa que contrata o serviço.

A terapia, por exemplo, procura dar foco no passado do cliente.  Já consultores e conselheiros costumam dizer o que deve ou não ser feito pelo cliente. O coach jamais diz ao coachee o que deve ser feito. Ele apoia o cliente a descobrir suas próprias soluções, sempre focando no presente e no futuro.

Um importante ponto de destaque é que fazer sessões de coaching não irá resolver questões existenciais, traumas emocionais fortes e disfunções psicológicas. Se você está com estes problemas, procure um profissional adequado para a sua dificuldade. Coaching não é indicado para resolver estas questões.

Por que fazer um processo de coaching?

O coaching tem por objetivo levar o cliente atendido de um estado atual, que não é benéfico para ele, para um estado futuro que ele deseja atingir.

Tanto para alguém que precisa de ajuda em algum aspecto da vida, como saúde, emagrecimento e relacionamento amoroso, tanto para quem necessita de melhorias na vida profissional, o coaching é capaz de promover mudanças. Os novos comportamentos adquiridos são refletidos na otimização de resultados e no alcance do sucesso em qualquer área da vida.

Realizando um processo de coaching você poderá:

  • Ter mais Autoconhecimento;
  • Definir e atingir metas;
  • Desenvolver-se pessoal e profissionalmente;
  • Melhorar o foco e a administração do tempo;
  • Melhorar o relacionamento e comunicação;
  • Definir e planejar negócios;
  • Equilibrar vida pessoal e profissional;
  • Aumentar autopercepção e autoconhecimento;
  • Saber escolher;
  • Mudar hábitos de forma consistente;
  • Ter controle sobre a direção da sua vida;
  • Atingir resultados na prática;

Que tipo de coaching escolher?

Quando alguém precisa de um coach para fazer um trabalho de mudanças na vida pessoal pode ser bem fácil encontrar um profissional adequado, basta buscar um life coach ou alguém especializado no que se deseja o atendimento, como um coach de emagrecimento.

No campo profissional, há duas opções básicas, o business coach, que é focado em auxiliar em questões sobre negócios, recém iniciados ou não. Ou então um coach executivo, que é voltado para quem busca melhorias na carreira.

Quando uma pessoa pensa em procurar um coach para ajudá-la a atingir um objetivo específico, podem surgir algumas dúvidas.

Se a intenção é alavancar o negócio, seria necessário um business coach? Depende, se o objetivo a ser tratado é puramente administrativo, focado no negócio, esse tipo de profissional seria o mais indicado.

Mas se as questões forem pessoais como falta de foco, problemas interpessoais ou qualquer outro objetivo relacionado diretamente à pessoa; o certo é escolher um life coach ou um coach especialista na área da vida que deve ser trabalhada.

Presencial ou online?

Isso varia muito de pessoa para pessoa. Alguns preferem um contato mais íntimo e sentir a energia das pessoas. Outros preferem a comodidade e a praticidade do atendimento online, poder fazer suas sessões de pijama no conforto da sua casa, tomando um bom café.

As duas maneiras são totalmente efetivas no alcance de resultados, então, escolha aquela em que você se sentirá mais à vontade.

Um processo de coaching feito com a metodologia certa é capaz de produzir excelentes resultados até mesmo para quem é um profissional da área. Busque sempre a evolução.

Que resultados posso obter ao fazer um processo de coaching?

Depois de passar por um processo de coaching, você consegue melhorar seu relacionamento com todas as áreas da vida. Vai passar a gerenciar melhor você e seus resultados. Você poderá obter benefícios pessoais, como controle de estresse, melhor gestão do tempo e até perda de peso. Muitas pessoas conseguem tempo para aumentar o número de atividades, pois passam a gerir suas rotinas de forma mais organizada.

Leia também:  Coaching de família

A principal razão de existir dos métodos de coaching é fazer com que as pessoas atendidas consigam alcançar o seu objetivo específico. Esse objetivo pode ser perder X quilos em Y meses, conseguir faturar Z na empresa ou então algo apenas qualificável como acabar com as brigas no relacionamento, por exemplo.

Como funciona o processo de coaching?

O coaching é um método de transformação de pessoas que tem por objetivo levar o coachee (cliente atendido) do seu estado atual para um estado desejado específico. O processo é dividido em sessões de, em média, 1 hora de duração e é terminado, geralmente, na décima sessão. Mas, a depender do caso, pode ser estendido por mais tempo.

Durante as sessões, o coach (profissional que aplica o coaching) usa técnicas e ferramentas adequadas a cada objetivo do coachee, guiando-o por meio de perguntas.

Essas questões são aplicadas com o intuito de fazer com que o cliente atendido atinja seu autoconhecimento, elimine suas crenças limitantes, tenha mais clareza na tomada de decisões e consiga realizar as ações de que precisa para atingir o seu estado desejado.

Um coach profissional usa técnicas e ferramentas já testadas e certificadas por institutos internacionais de coaching. Elas vão desde a parte comportamental até formações específicas para o tipo de atendimento que o coach está realizando. Além dessas ferramentas, um coach precisa conhecer muito o mercado que está atendendo.

Como é uma sessão de coaching?

O coaching é um trabalho em quatro mãos. A sessão é uma conversa honesta e sincera entre você e seu coach. Estas conversas terão como objetivo principal fazer você sair do estado atual e chegar no estado futuro (desejado). O coach vai solicitar tarefas entre as sessões, aplicar as técnicas e ferramentas necessárias, e sempre fazer muitas perguntas. Afinal, ele parte do princípio que as respostas estão dentro de você. O trabalho do coach é motivar o cliente a criar soluções e respostas. Desta forma você aprende, internaliza e passa a agir de modo diferente.

Ferramentas utilizadas no processo de coaching

As ferramentas de coaching são determinados instrumentos utilizados com o indivíduo visando a realização de alguma tarefa ou atingir determinado resultado. Provém de diversas ciências como Psicologia, Administração de Empresas, Gestão de Pessoas, Marketing e/ou provenientes do próprio Coaching. Estão constantemente em processo de aprimoramento, em constante evolução.

As ferramentas de coaching são a base da atuação do coach que, as utiliza para identificar quais são as maiores dificuldades ou os objetivos do coachee, determinando quais os melhores caminhos para percorrer em prol deste objetivo. Elas norteiam a atuação do coach em relação ao seu coachee com o foco na melhoria continua de resultados positivos.

Vale ressaltar que as ferramentas utilizadas no coaching são cientificamente validadas, comprovadas, além de serem dinâmicas ao ponto de serem efetuadas individualmente em equipe.

Alguns exemplos de ferramentas de coaching:

Roda da Vida: Trata-se de uma ferramenta de autoconhecimento, onde o próprio indivíduo classifica todas as áreas de sua vida em respeito de sua satisfação pessoal em relação a cada um deles e identifica quais das áreas necessitam de maior atenção assim como quais áreas podem influenciar positivamente as outras, sendo estas áreas: pessoal, emocional, profissional, espiritual, familiar, social, financeira, familiar, etc.

Ganhos e Perdas: Esta é uma ferramenta para tomada de decisão, muito importante no universo coaching. Estamos habituados a pensar e sempre o que eu ganho se obtiver determinada “coisa” e o que eu perco se não obtiver isto, porém nessa ferramenta o indivíduo é levado a pensar que para cada atitude existe um ganho e uma perda, tanto se executá-la quanto se não a executar.  Esta, faz com que o indivíduo juntamente com o direcionamento do coach profissional pense, elabore, descubra e análise todos os resultados de uma decisão, as vantagens e desvantagens, e qual decisão é mais indicada par ao momento.

Crenças Limitantes e Fortalecedoras: Esta ferramenta aborda a um lado sensível do relacionamento coach/coachee, por se trará daquilo em que o indivíduo acredita com sentimento, com emoção, tem como verdade um pensamento já inserido na sua personalidade. Estas crenças, estas verdades, estas certezas podem ser limitantes, que são as que não colaboram para o desenvolvimento do Ser, apenas atrapalham o processo de evolução ou; podem ser fortalecedoras, são aquelas certezas que alavancam o indivíduo como Ser e o impulsionam a atingir seus objetivos através da resiliência. Nessa ferramenta de apoio ao Coach e seu processo com o coachee, devem ser identificadas as crenças limitantes e transformá-las em crenças fortalecedoras.

Valores: Esta ferramenta aborda o autoconhecimento, a definição de Ser do cliente, seja ele indivíduo ou corporação. Aqui, são identificados os reais motivos aos quais são regidas suas atitudes, o que este individuo/corporação tem de mais importante para si e quais são as bases das suas tomadas de decisão. Também são identificadas as razões ao qual sente-se ofendido ou reconhecido pelo meio.

Quanto tempo demora o processo de coaching?

Depende muito da sua necessidade. Geralmente um pacote é fechado com 10 sessões, sendo uma sessão por semana, porém isto vai variar dependendo da disponibilidade de agenda sua ou do coach. Alguns processos podem durar até 6 meses e outros nem tem um número de sessão bem definido. É importante ter um espaço de tempo entre as sessões para você “digerir” o que foi trabalhado na sessão e tempo para cumprir as tarefas que você se comprometeu para a próxima sessão.

Um período muito longo entre as sessões também não é muito indicado, pois você pode acabar perdendo o foco e a linha de evolução do processo.

O ideal é estabelecer um número de sessões condizente com os seus objetivos e ter um prazo médio entre as sessões bem estabelecido.

Onde encontrar um bom coach?

Uma maneira é pesquisar nas redes sociais, principalmente em grupos relacionados ao assunto. A vantagem de procurar no Facebook ou no LinkedIn, por exemplo, é poder analisar o perfil do coach e ver se ele usa a metodologia que é mais adequada para o seu caso.

Também é possível encontrar muitos coaches qualificados em nosso guia especializado em divulgar serviços de coaching. Você pode visualizar vários perfis de coaches e pode enviar um contato para algum perfil caso se interessar. Também pode preencher a sua roda da vida, se ainda não fez, para receber uma primeira avaliação gratuita, que é algo bem interessante e indicado.

Se você não está muito certo de que escolheu a pessoa ideal para te ajudar na jornada rumo ao estado desejado, peça para fazer uma sessão sem compromisso.

Como selecionar um coach?

A melhor forma de escolher seu coach é pesquisando sua experiência, os resultados alcançados por seus clientes. Verifique no mercado a formação e as referências do profissional com quem você deseja trabalhar. O coach precisa ser escolhido adequadamente por se tratar de um profissional que, além de ter excelente formação técnica, também precisa ter um apurado senso ético.

  • Pergunte por quais formações seu coach já passou. Verifique a qualidade das escolas que forneceram estas formações;
  • Solicite se o coach possui alguma certificação de algum órgão;
  • Peça para ele indicar alguns clientes com os quais você pode conversar para verificar como foi o processo. O ideal é falar com pessoas com o mesmo perfil e problemas que você tem atualmente. Analise os resultados obtidos por esses clientes;
  • Pergunte se o coach tem algum blog com dicas sobre o tema que você quer melhorar e analise o conteúdo oferecido;
  • Pergunte há quanto tempo o coach atende. Quantas pessoas ele já atendeu e quantas horas de sessão ele já fez;
  • Pergunte como o coach vai liderar o processo. Alguns profissionais seguem uma linha mais definida, outros preferem ir ajustando conforme a a evolução do coachee. Questione como será o trabalho em conjunto, como serão as sessões e como vai ser o andamento do processo;
  • Questione se o coach segue algum código de ética e se vocês irão estabelecer um contrato de confidencialidade do processo;
Leia também:  Coaching holístico

Outra coisa importante é solicitar uma primeira sessão gratuita com o profissional. Precisa haver empatia entre você e seu coach. Com empatia as chances de resultados surpreendentes aumentam muito. Você precisa se sentir confortável ao conversar com seu coach, até porque vai responder muitas perguntas e sinceridade nas respostas é essencial para sua evolução. Só inicie o processo de coaching a partir do momento que se sentir confortável com seu coach.

Qual valor do processo de coaching?

Um processo de coaching tem fama de ter custos elevados, mas isso não é uma regra. Existem vários métodos de trabalho e também variações de valores de coach para coach. Outros fatores, como a experiência do profissional, também devem ser considerados para se definir os valores por sessão, por mensalidade ou pelo processo inteiro.

Existem muitas variáveis para se definir o preço de um processo de coaching. Alguns métodos de trabalho são mais difíceis do que outros e demandam mais conhecimentos do coach, como é o caso do business coaching e do executive coaching. Ao contrário do life coaching, que usa uma metodologia com menor complexidade, pois se trata, geralmente, de comportamentos cotidianos, o business exige um cuidado maior.

Outros colocam um valor mais elevado nos seus processos pela experiência que tem como coach, por conta da agenda cheia há muito tempo, pela bagagem profissional, pela procura e também pelas metodologias de mentoring utilizadas em conjunto.

Para facilitar, podemos colocar uma média dependendo do tipo de profissional e também do método aplicado. Um coach iniciante costuma aplicar seus processos de coaching de graça, utilizando o que se chama de sistema “pro bono”, ou então cobrando um valor bem abaixo do que o exigido pelos profissionais mais antigos no mercado.

O valor de cada sessão de um recém-formado é de, em média, R$ 100 reais e o processo varia de R$ 600 a R$ 1000. Isso porque alguns oferecem descontos para o pagamento de todo o processo à vista.

Já um coach com mais experiência, cobra em média o valor de R$ 200 reais por sessão. É comum ser vendida a mensalidade do processo de coaching, nesse caso o preço é de cerca de R$ 1000 reais por mês, porque, geralmente, há uma sessão extra dentro de 30 dias.

Um coach renomado ou um business coach pode colocar um preço bem mais alto no seu serviço, sendo cerca de R$ 500 reais por sessão ou mais. É claro que temos que levar em consideração também a região do país. Cada região tem uma média de preço diferente e os valores podem ficar menores ou maiores dos valores aqui informados.

Ao analisar se é o momento certo para fazer coaching, é importante avaliar o custo de oportunidades. Às vezes a pessoa deixa de investir em algo para economizar, mas acaba gastando muito mais tempo e energia para alcançar um resultado que poderia ser conquistado em um tempo bem menor. Então, ao invés de analisar o dinheiro que será gasto, analise o que está deixando de ganhar quando não passa por um processo de coaching.

O que é pro bono?

É um sistema muito usado por coaches que ainda não possuem experiência ou que estão com a sua formação em andamento. Pro bono significa “para o bem”, ou seja, é um serviço voluntário, gratuito. É, para os coaches, uma boa maneira de praticar a profissão e de ter clientes para indicarem o serviço para outras pessoas.

A vantagem para os coachees é que terão um processo de coaching totalmente grátis e, provavelmente, com qualidade.

Fatores de sucesso e insucesso do coaching

Para melhores resultados no processo de coaching, tenha em mente atitudes positivas:

  • Comprometimento consigo mesmo e com o próprio desenvolvimento;
  • Disposição e vontade de sair da zona de conforto;
  • Consciência de que é protagonista e não vítima dos resultados que colheu até hoje em sua vida e que, portanto, pode fazer novas escolhas e assim colher resultados melhores;
  • Abertura e disponibilidade de questionar e substituir verdades pessoais (crenças) desfavoráveis e limitantes que podem estar dificultando os avanços até uma nova fase;
  • Ter disposição e vontade para agir em direção à solução de seus problemas ao invés de ficar apenas procrastinando e teorizando. Coaching é ação!
  • Conseguir manter, durante todo o processo, o foco e os objetivos determinados inicialmente. Mudar de ideia e de objetivos a cada sessão dificulta a continuidade linear do processo.

É importante estar com o lado psicológico favorável para atingir o estado desejado, não seria correto aplicar coaching em clientes que precisam de outros tipos de atendimento, como nos casos de depressão, fobias graves e ansiedade crônica. Procure profissionais da saúde qualificados neste casos.

Você pode pedir uma sessão experimental ou uma reunião para avaliar junto com o coach se a metodologia que ele usa servirá para o seu caso e se você realmente está pronto para passar pelo processo de coaching.

Alguns números:

Uma pesquisa sobre treinamento profissional com coaching encomendada pelo ICF Global Coaching (https://www.coachfederation.org) e realizada de forma independente pela PricewaterhouseCoopers indica os benefícios de realizar um processo de coaching:

Aumento de produtividade:

  • Melhora de 70% na performance no trabalho;
  • Melhora de 61% no gerenciamento dos negócios;
  • Melhora de 57% no gerenciamento do tempo;
  • Melhora de 51% na eficácia das equipes;

Pessoas melhores:

  • Melhora de 80% na autoconfiança;
  • Melhora de 73% nos relacionamentos;
  • Melhora de 72% na comunicação;
  • Melhora de 67% no equilíbrio da vida pessoal/profissional;

Retorno do investimento:

  • 86% das empresas que participaram da pesquisa, responderam que seus investimentos na capacitação com coaching foram recuperados;
  • 99% responderam como “um pouco” ou muito satisfeitos com o processo;
  • 96% repetiriam o processo;

Fonte: https://www.coachfederation.org/need/landing.cfm?ItemNumber=747&navItemNumber=565

Assine, não perca nenhum conteúdo:

Por que fazer um processo de coaching – Guia completo
4.8 - 66 votos
SistemizeCoach
Siga-me

SistemizeCoach

Uma única plataforma para gerenciar todo o processo de coaching. Com a SistemizeCoach, você não precisará de Excel, Word e Outlook para gerenciar as suas sessões.

Crie ferramentas visuais, armazene o histórico de suas sessões e tangibilize o processo com relatórios completos para o seu coachee.

CONHEÇA A PLATAFORMA
SistemizeCoach
Siga-me

Últimos posts por SistemizeCoach (exibir todos)