Porque um coach deve construir uma lista de e-mails?

Se você perguntar para um especialista de marketing digital, ter uma lista de e-mails poderosa será um dos maiores bens que um negócio pode ter.

Agora, será que este conceito também se aplica à um negócio de coaching?

Vamos explorar neste artigo as principais vantagens para um coach construir e manter uma lista de e-mails.

Onde está a força dos e-mails?

Muitas das pessoas que resistem à criação de uma lista de e-mails o faz principalmente por não entender bem o conceito poderoso de um e-mail.

O e-mail não é um canal de comunicação que você consiga acessar espontaneamente – você só consegue entrar na caixa de e-mails do seu cliente se ele permitir. O e-mail, então, é uma ferramenta que exige permissão, e este é um segredo poderoso.

Cada mensagem que entra na caixa de entrada de um usuário só acontece com a sua permissão, então isso significa claramente de que em algum momento você acertou a sua comunicação diretamente na necessidade, sonho ou dor do seu potencial cliente.

É algo realmente pessoal, afinal estamos falando da sua caixa pessoal de mensagens, não é um lugar de acesso para qualquer um!

Como atrair as pessoas para sua lista?

Se você precisa da permissão de um cliente para ter acesso a sua caixa de mensagens, a sua comunicação precisa de duas peças fundamentais:

Um motivo suficientemente bom para entrar e um material especialmente assertivo para permanecer.

Quando falamos de um ótimo motivo para entrar na caixa de e-mail de um cliente e adicioná-lo à sua lista, geralmente falamos de uma recompensa digital, que pode ser um e-book, uma palestra online, vídeo-aula exclusiva, um minicurso ou outra opção.

Normalmente a recompensa digital tem um grande apelo de valor para o seu potencial cliente, e segue o argumento de ser uma recompensa gratuita.

Não há nada de gratuito – o preço é justamente uma passagem de entrada para a caixa de entrada do e-mail.

Leia também:  Por que muitos coaches não conseguem coachees?

No segundo momento, você precisa provar para o cliente que o seu conteúdo realmente pode lhe agregar valor, enviando mensagens com um tom chamativo e que atraia a sua atenção.

Durante a continuidade do seu diálogo com o cliente, você precisará construir uma história que cative a atenção do cliente, e entregar muito valor – nada de mensagens de vendas… ainda!

Agora, imagine uma balança de duas bandejas: a cada conteúdo de valor que você entregar em um novo e-mail te dá um peso a mais de depósito de confiança para o cliente.

Você precisa acumular vários pesos no lado da balança que representa o conteúdo antes de colocar um peso no lado da balança referente à oferta.

A sua balança sempre precisa pender para o lado do conteúdo, para gerar ao seu cliente a sensação de que você já entregou tanto valor que finalmente chegou o momento em que ele pode fechar um processo contigo e provar a força do seu trabalho na pele.

Ferramentas de automação

Para a criação de uma lista de e-mails consistente, você precisa atender a alguns parâmetros, como por exemplo, atrair as pessoas certas para o seu negócio, senão você terá o que chamamos de uma lista suja, com contatos que não tem real potencial de se tornar seus clientes.

Além disso, você precisará de uma ferramenta, que é o disparador de e-mails.

Existem alguns disparadores gratuitos na internet, como o E-goi, mas justamente pelo fato da gratuidade, a qualidade da entrega é questionável.

Já as ferramentas pagas têm um verdadeiro poder de entrega, que garante o alcance para as suas mensagens.

Além da entrega em si, as ferramentas de automação ainda contam com um recurso muito positivo e elegante, que é o disparo automático.

Existe uma parte do trabalho que consiste em entregar os e-mails no dia a dia, mas você ainda pode criar uma primeira sequência de mensagens atemporais, que serão entregues nos primeiros dias do ingresso de cada novo membro da sua lista de e-mails.

Leia também:  Como selecionar um nicho de coaching

O objetivo é fazer uma entrega inicial muito consistente e uma oferta breve para as pessoas que já estão preparadas para se tornar clientes.

Caso isso não aconteça, ela pode ser mantida no seu fluxo de alimentação da lista.

Use com dedicação

Um fator importante na lista de e-mails é que ela precisa ser mantida aquecida, ou seja, você precisa estar em contato constante com os seus clientes.

Uma lista aquecida é aquela em que os contatos não se esquecem de você, então o uso de uma lista de e-mails precisa fazer parte da sua estratégia de marketing.

Se for construir uma lista de e-mails que não vai ter tempo ou dedicação para manter aquecida, é melhor não perder este tempo e partir para outra estratégia dentro do seu negócio de coaching.

Assine, não perca nenhum conteúdo:

Porque um coach deve construir uma lista de e-mails?
4.4 - 8 votos
SistemizeCoach
Siga-me

SistemizeCoach

Uma única plataforma para gerenciar todo o processo de coaching. Com a SistemizeCoach, você não precisará de Excel, Word e Outlook para gerenciar as suas sessões.

Crie ferramentas visuais, armazene o histórico de suas sessões e tangibilize o processo com relatórios completos para o seu coachee.

CONHEÇA A PLATAFORMA
SistemizeCoach
Siga-me